Skip to main content

Quer aumentar suas vendas no varejo de alimentos? Veja algumas dicas

Se você está se perguntando como aumentar as vendas no seu mercado, nós temos algumas estratégias para te apresentar que podem ajudar a conquistar mais clientes, basta continuar lendo a seguir.

 

  1. Mantenha preços competitivos

Mesmo para o varejo físico de alimentos, nos tempos atuais em que a internet é parte do cotidiano, os consumidores conseguem facilmente comparar preços de produtos. Por isso, é importante manter seu preço atualizado e atrativo. O ideal é não estar extremamente acima nem muito abaixo dos valores praticados pelo mercado, levando sempre em consideração as necessidades específicas do seu negócio na hora de precificar para não sair no prejuízo. Mas como manter o preço competitivo, na prática?

Uma ferramenta que pode (e deve) ser utilizada é o Benchmarking, termo em inglês utilizado no marketing para denominar a pesquisa de concorrência. Para fazer essa análise, escolha seus principais concorrentes e estabeleça quais dados são importantes de serem analisados (como o preço de determinado produto ou os horários de pico, por exemplo). Com isso pronto, está na hora de obter esses dados e para isso, será necessário pesquisar. Você pode encontrar muitos dados valiosos sobre seus concorrentes na internet, podendo utilizar redes sociais, sites, blogs e até mecanismos de busca como o Google como aliados.

 

  1. Crie um ambiente de compra aconchegante e estimulante

 

O varejo é feito por pessoas. Quanto mais acolhida uma pessoa se sentir em determinado ambiente, mais chances dela voltar ao lugar ou passar mais tempo nele, o que significa uma maior chance de venda para o varejista.

Para criar um ambiente de compra agradável é necessário estratégia. Planeje o layout da sua loja, criando um caminho de compras que faça sentido. Ofertas bem comunicadas também servem para criar uma boa atmosfera para consumir. Para vender mais, nossa dica é criar ações que estimulem o consumo de determinado produto. Você pode assar pão de queijo  nas horas de maior público para estimular a compra desse produto, por exemplo.

 

  1. Invista em um bom atendimento

 

Ser bem atendido faz muita diferença na hora de o consumidor escolher um varejista em vez de outro, podendo se tornar um diferencial tão forte quanto o preço mais baixo, por exemplo.

Para obter um padrão impecável no atendimento, é necessário treinamento empático e constante na área, indo além do treinamento inicial na contratação e focando na experiência do comprador. Além dos treinamentos formais, é interessante estabelecer práticas rotineiras como reuniões de 5 a 10 minutos para passar mensagens importantes e motivar a equipe, reforçando com isso, boas práticas de atendimento.

 

O que achou dessas dicas? Comente aqui quais dessas estratégias você já usa no seu negócio ou quais vai começar a utilizar!

 

Ei pequeno empreendedor: Lembre-se de, antes de estabelecer estratégias, fazer um bom diagnóstico para avaliar a situação atual do seu varejo, pois só com uma boa análise é possível saber exatamente o que o seu empreendimento precisa, maximizando as oportunidades.

 

 

Outras notícias

Chamou um vegetariano para o churrasco? Leia e saiba o que fazer pra quem não come carne!

Ah o verão… Calor, férias e muitas confraternizações. Nessa época do ano, nada melhor que um churrasquinho com os amigos,...

Receitas de natal simples: Dois acompanhamentos fáceis de fazer para encantar seus convidados!

Dezembro chegou e com ele aquela velha dúvida: O que fazer para o natal em família?   Claro que existem...
Torta Salgada de Frango

Torta Salgada de Frango

Uma receita prática e ideal para aqueles “momentos de emergência”. Dá só uma olhadinha.   INGREDIENTES MASSA: 1 xícara de...